Polêmicas à parte, aprender com os fracassos na Copa do Nordeste e no Campeonato Pernambucano para seguir em frente é a ordem na Praça da Bandeira. Após a perda do Estadual para o Santa Cruz, os comandados de Oswaldo de Oliveira se reapresentaram ontem, no Centro de Treinamento José Médicis, em Paratibe. Porém, quem atuou contra a Cobra Coral não foi ao gramado, realizando apenas um trabalho regenerativo na academia.

Entre os "reservas", um nome de peso deu início a uma semana especial na sua carreira profissional. Não, não se trata de um jovem iniciante que está prestes a fazer a sua estreia - longe disso -, mas sim de um dos maiores ídolos da história do Sport Club do Recife: o goleiro Magrão.
Com a venda de Danilo Fernandes para o Internacional, o veterano retorna ao posto de titular. Curiosamente, o seu último jogo com esse status foi realizado justamente contra o Flamengo, o próximo adversário do Leão, sábado à tarde, na rodada de abertura do Brasileirão 2016. No dia 17 de maio do ano passado, no empate em 2x2 contra os cariocas, Magrão sofreu uma luxação no ombro direito já no final da partida.

Com a gravidade da contusão, levou três meses para voltar a atuar, o que aconteceu no dia 19 de agosto, contra o Bahia, pela Sul-Americana, quando Danilo foi poupado. Porém, não conseguiu reconquistar a camisa 1. Nesta temporada, Magrão atuou em apenas quatro jogos, sendo três como titular. Ontem, o Internacional apresentou oficialmente o arqueiro Danilo Fernandes. Até a última segunda-feira, os dirigentes leoninos aguardavam o depósito da multa rescisória por parte dos gaúchos, que gira em torno de R$ 1,5 milhão.
Entre retornos e partidas, quem ainda terá que esperar mais um pouco para fazer a sua estreia com a camisa do Sport é o costa-riquenho Rodney Wallace. O meia canhoto de 27 anos viajou ontem para a Argentina, onde foi resolver pendências do seu visto de trabalho, com retorno ao Recife programado apenas para amanhã, quando a delegação leonina embarca para o Rio de Janeiro. Contratado no dia 30 de março e com passagens pela seleção da Costa Rica, Rodney deve atuar apenas na segunda rodada, contra o Botafogo, na Ilha do Retiro.
GAROTADA
Se os profissionais não andam bem das pernas, o time sub-17 do Sport vem fazendo bonito. Na primeira partida da semifinal da Copa do Brasil da categoria, o Leão goleou o Fluminense ontem, no Rio de Janeiro. No jogo de volta, dia 18, na Ilha do Retiro, os pernambucanos podem perder por até 3x0 para conseguir a classificação à final nacional, já que marcaram quatro gols fora de casa. Caso avance, o Rubro-negro pegará o vencedor de Corinthians x Cruzeiro.