Santa enfrenta V. da Conquista na Copa do Brasil

label
Copa do Brasil tem sido sinônimo de oportunidade no Santa Cruz. Após a conquista dos títulos da Copa do Nordeste e do Campeonato Pernambucano, a decisão pela competição nacional será disputada por uma equipe alternativa, uma opção do técnico Milton Mendes. A seriedade no discurso, no entanto, permanece a mesma. Sendo assim, às 21h45 desta quarta-feira (11), no estádio Lomanto Júnior, os reservas corais terão compromisso contra a equipe do Vitória da Conquista/BA.

“É uma oportunidade para eles. Eles recebem esse jogo como a oportunidade do cavalo branco, como eu sempre falo. Então, espero que esses jogadores atuem de forma tranquila. Jogando assim, eles vão conseguir render”, disse o técnico Milton Mendes, utilizando um famoso pensamento, a de que "as oportunidades passam em um cavalo branco. Se você não subir nele, ele vai embora". É a chance para deixar uma boa impressão no time de cima. "Sempre que podemos colocar jogadores que estão jogando menos, vamos fazer essa opção. Então, agora, resolvemos dar outra a eles, e vamos ver como eles se saem. Só assim poderemos fazer as nossas avaliações”, completou o treinador.

Esta não é a primeira vez que uma equipe alternativa é escalada pelo técnico Milton Mendes na Copa do Brasil. Na segunda partida da fase anterior da competição, no jogo contra o Rio Branco/ES, os corais conseguiram a classificação com um time recheado de reservas. O futebol apresentado em campo, no entanto, não foi convincente. A partida acabou no 0x0. Mas o primeiro jogo, vencido por 1x0, garantiu a classificação.

No momento o foco da equipe é a Copa do Brasil. Mas não é segredo para ninguém no Arruda que o verdadeiro desejo tricolor é a disputa da Copa Sul-Americana. Para tal feito, os tricolores ainda podem conquistar a classificação diante do Vitória da Conquista. Na próxima fase, no entanto, caso queira disputar a competição internacional, o Santa Cruz precisará ser eliminado.

“Um sonho de todos os torcedores do Santa Cruz é estar na Sul-Americana. Lógico que vai chegar uma altura que precisaremos optar. Mas vamos, por enquanto, colocando esses jogadores que estão jogando menos. Lógico que quando a Sul-Americana vir, nós vamos pensar nela. Mas no momento estamos pensando na Copa do Brasil”, disse Milton Mendes.

Sobre a equipe, nenhum mistério. Ontem foi comandada uma movimentação que praticamente definiu o time que irá a campo. A única dúvida é em relação ao zagueiro Alemão. O jogador se mostrou indisposto e existe a possibilidade de ele ficar no Recife para tratamento. As novidades na equipe foram os recém-chegados Roberto e Bolaños, que participaram dos trabalhos.

“Nós somos profissionais. Somos funcionários do clube. A competição é importante. E temos de entrar e fazer o melhor. A maioria dos jogadores não vem jogando. Não vem atuando, mas sabemos que temos potencial para fazer um grande jogo e demonstrar que o treinador pode contar”, disse o meia Léo Moura, que será titular na partida.

ADVERSÁRIO
O Vitória da Conquista chega para o confronto contra o Santa Cruz após a eliminação de outro pernambucano, na Copa do Brasil. Na fase anterior, a equipe baiana foi a responsável por tirar o Náutico da competição. Na Copa do Nordeste, o time ficou pelo caminho ainda na fase de grupos.
Ficha de jogo
VITORIA DA CONQUISTA

Carlos; Artur, Leandro Cardoso, Sílvio e Tiaguinho; Edimar, Maicon Costa, Dimas e Kléber; Zé Paulo e Tatu. Técnico: Sérgio Araújo.

SANTA CRUZ
Edson Kolln, Lucas Ramon, Walter, Lucas Gomes e Marcílio; Dedé, Wellington Cézar e Daniel Costa; Wallyson, Léo Moura e Bruno Moraes. Técnico: Milton Mendes

Local: Estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista
Horário: 21h45. Árbitro: Eduardo de Santana Nunes (SE). Assistentes: Vaneide Vieira de Gois e Ailton Farias da Silva (ambos do SE). Transmissão TV: Rede Globo NE.
Compartilhar :



sentiment_satisfied Emoticon